UMA REVISÃO SOBRE O CULTURALISMO JURÍDICO BRASILEIRO – CONFLUÊNCIAS ENTRE TOBIAS BARRETO DE MENEZES E MIGUEL REALE

Alberto de Moraes Papaléo Paes, Pastora do Socorro Teixeira Leal

Resumo


No presente trabalho pretendemos abordar o diálogo existente entre a filosofia e a teoria do direito existente nas obras de Tobias Barreto de Menezes e de Miguel Reale. Para tanto nos utilizaremos do estudos do professor Reale fazendo menção à obra de Tobias Barreto, descrevendo aquilo que veio a ser conhecido como culturalismo jurídico dentro da doutrina defendida por Tobias ao final de sua vida acadêmica. Nosso propósito é de apontar a influência de Tobias na obra do próprio Reale, para tanto utilizaremos alguns textos produzidos por este como base para nossa análise crítica.

Palavras-chave


Miguel Reale; Tobias Barreto; Culturalismo

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, Luis Antônio. Tobias Barreto (1839-1889) – Biografia e Estudos Críticos. Centro de documentação do pensamento brasileiro. Disponível em: Acesso em 01.04.2014.

BOBBIO, Norberto. O Positivismo Jurídico: lições de Filosofia do Direito. Compiladas por Nello Morra; tradução e notas por Marcio Pugliesi, Edson Bini, Carlos E. Rodrigues. São Paulo, Ícone. 1995.

CAPRA, Fritjof. O Ponto de Mutação – a ciência a sociedade e a cultura emergente. Editora Cultrix. 2006.

DUSSEL, Enrique. A Ética da Libertação na América Latina. Tradução de Luiz João Gaio. Editorial Edicol. S.A., México. 1977.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Método – Traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Tradução de Flávio Paulo Meuer. 3ª Edição. Editora Vozes. Petrópolis – RJ. 1999.

HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo – Parte I. Tradução de Márcia Sá Cavalcante Schuback. 15º Ed. Editora Vozes. Universidade de São Francisco. 2005.

KELSEN, Hans. A Teoria Pura do Direito. Tradução João Baptista Machado. 7ª ed. Martins Fontes. São Paulo – SP. 2006.

MENEZES, Tobias Barreto de. Ensaios e Estudos de Philosophia e Crítica por Tobias Barreto de Menezes. 2ª Edição correcta e aumentada. Editor José Nogueira de Souza. Pernambuco – PE. 1889. Disponível em: Acesso em: 01.04.2014.

_____. Obras Completas IV: Discursos. Edição do Estado de Sergipe. Decreto n. 803 de 20 de Abril de 1923. Sergipe – SE. 1929. Disponível em: Acesso em 01.04.2014.

_____. Estudos Allemães. Primeira Série. Typographia Central. Recife. 1883. Disponível em Acesso em 01.04.2014.

_____. Estudos de Filosofia. Introdução de Paulo Mercadante e Antônio Paim. Em convênio com o Instituto Nacional do Livro – Ministério da Educação e Cultura. 2ª Edição. Editorial Grijalbo. Recife. 1977.

NUNES, Benedito. Passagem para o poético – Filosofia e Poesia em Heidegger. São Paulo. Edições Loyola. 2011.

OST, François. O Tempo do Direito. Lisboa: Piaget. 1999.

PAIM, Antônio. A Escola do Recife – Estudos Complementares à História das Ideias Filosóficas no Brasil. Volume V. 3ª Ed. Editora UEL. Londrina. 1997.

_____. Os Intérpretes da Filosofia Brasileira – Estudos Complementares à História das Ideias Filosóficas no Brasil. Volume I. 3ª Ed. Editora UEL. Londrina. 1999.

REALE, Miguel. Nova Fase do Direito Moderno. Editora Saraiva. São Paulo – SP. 1998.

_____. Filosofia e Teoria Política – Ensaios. 1ª Edição, 3º Tiragem. Editora Saraiva. São Paulo – SP. 2003.

SANTOS, Boaventura Sousa. Um Discurso Sobre as Ciências – Edições Afrontamento. 13ª Ed. Cidade do Porto. 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Argumenta Journal Law

 A Revista Argumenta está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem:
DOAJ DRJILivre! Proquest EBSCO  DIADORIM IBICT LAINDEX

 

ARGUMENTA JOURNAL LAW

Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica

E-mail : argumenta@uenp.edu.br
Telefone/fax 4335258953
Horário de atendimento de segunda-feira à sexta-feira 14 às 17h e das 19 às 23h e nos sábados das 08 até 12h
Endereço: Av. Manoel Ribas, 711 - 1º andar
Jacarezinho PR - 86400-000 - Brasil