A ENCRUZILHADA DO SISTEMA PENAL A escolha de um caminho para a ressignificação da punição estatal

Gilberto Giacóia, Samia Saad Gallotti Bonavides

Resumo


O texto analisa o sistema punitivo, a partir do direito penal clássico, nas inconsistências referentes à inefetividade da pena, nos moldes ainda utilizados na maioria dos sistemas jurídicos. Trata também do fenômeno da expansão do direito penal, sempre com base no mesmo apelo baseado na expurgação e no sacrifício. E também aponta as tendências verificadas em recentes sistemas normativos que conjugam mais de uma área de cunho sancionador, subvertendo, muitas vezes as bases científicas de uma delas, como é o caso do direito penal e do processo penal. Conclui no sentido da necessidade de conjugar as soluções inovadoras, como o direito de intervenção, quando, em relação à criminalidade comum, de dano, sugere a adoção da técnica da justiça restaurativa, pela necessidade de ressignificação do sistema penal


Palavras-chave


Sistema penal. Ressignificação. Direito de intervenção. Justiça restaurativa.

Texto completo:

PDF

Referências


ALEXY, Robert. Teoria dos direitos fundamentais. SP: Malheiros, 2001.

BECK, Ulrich. La Sociedad Del Riesgo: hacia una nueva modernidad. Barcelona: Ediciones Paidós Ibérica S.A., 1998.

COSTA, Helena Regina Lobo da. Considerações Sobre o Estado Atual da Teoria do Bem Jurídico à Luz do Harm Principle. in Direito Penal como crítica da pena, na obra organizada por Luis Greco e Antonio Martins, Madri: Marcial Pons, pp.133 a 149) 2012.

DIAS, Jorge de Figueiredo. Questões do direito penal revisitadas. SP: Editora Revista dos Tribunais, 1999.

DIP, Ricardo. Tipo objetivo e personalização penal. In: Revista dos Tribunais, RT 947, set/2014

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: A Vontade de Saber. Tradução de Maria Thereza da Costa Albuquerque et al. Rio de Janeiro. Edições Graal, 1988.

HASSEMER, Winfried. Características e crises do moderno direito penal. In: Revista de Estudos Criminais, PUC-RS,Ano 2, n. 8, 54-56, 2003.

JONAS, Hans. O Princípio Responsabilidade: Ensaio de uma Ética para a Civilização Tecnológica. RJ: Contraponto, PUC, 2006.

MIR PUIG, Santiago. Direito penal: fundamentos e teoria do delito. SP: Revista dos Tribunais, 2007.

NERY, Déa Carla Pereira. Justiça Restaurativa. Direito Penal do Inimigo versus Direito Penal do Cidadão. Curitiba: Juruá. 2014.

OLIVEIRA, Ana Carolina Carlos de. Direito de intervenção e direito administrativo sancionador: o pensamento de Hassemer e o direito penal brasileiro. 256 fls. 2012. Dissertação (Mestrado em Direito). USP, 2012.

OLIVEIRA, Cristina Rego de. Mediação penal & justiça. Da ética da alteridade como fundamento filosófico para a adoção das práticas restaurativas. Curitiba: Juruá, 2013.

PRANIS, Kay. Processos Circulares. Tradução de Tônia Van Acker. SP: Palas Athena, 2010.

SANTANA, Selma Pereira de. Justiça restaurativa: a reparação como consequência jurídicopenal autônoma do delito. RJ: Lumen Juris, 2010.

SÁNCHEZ, Jesús-María Silva. A Expansão do Direito Penal. Aspectos da politica criminal nas sociedades pós-industriais. 3ª ed. rev. E atualiz. Trad. 2ª ed. Luiz Otavio de Oliveira Rocha, rev. Luiz Flávio Gomes e William Terra de Oliveira, Ed. Revista dos Tribunais, 2013.

SCHÜNEMANN, Bernd. Consideraciones críticas sobre la situación espiritual de la ciencia jurídico-penal alemana. Bogotá, Universidad Externado de Colombia, 1996.

TIEDEMANN, Klaus. Derecho penal y nuevas formas de criminalidad. Lima, Grijley, 2007.

TOMILLO, Manuel Gómez. Derecho administrativo sancionador. Parte general. Teoría general y práctica del derecho penal administrativo. Espanha, Aranzadi, 2008.

ZAFFARONI, Eugenio. Prólogo in BATISTA, Nilo. Matrizes ibéricas do sistema penal brasileiro. 2ª ed. v.1. Rio de Janeiro: Revan: ICC, 2002.

ZEHR, Howard. Trocando as lentes: um novo foco sobre o crime e a justiça. Tradução de Tônia Van Acker, SP: Palas Athena, 2014, 2ª Ed.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Argumenta Journal Law

 A Revista Argumenta está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem:
DOAJ DRJILivre! Proquest EBSCO  DIADORIM IBICT LAINDEX

 

ARGUMENTA JOURNAL LAW

Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica

E-mail : argumenta@uenp.edu.br
Telefone/fax 4335258953
Horário de atendimento de segunda-feira à sexta-feira 14 às 17h e das 19 às 23h e nos sábados das 08 até 12h
Endereço: Av. Manoel Ribas, 711 - 1º andar
Jacarezinho PR - 86400-000 - Brasil