Modelos de ensino de literatura e seus impactos na formação de futuros professores de línguas

Andressa Jove Godoy, Fernando Stanzione Galizia

Resumo


Este artigo é resultado de uma pesquisa que investigou os impactos causados à concepção de ensino de literatura de licenciandos em letras pelos modelos de ensino de literatura que compuseram seus percursos formativos na educação básica e no ensino superior. Para isso, foi desenvolvida sob o método de estudo de caso e com uso de entrevista como método de construção de dados. Foi possível constatar pela análise de dados que os entrevistados tiveram aulas de literatura na educação básica e na graduação pautadas pelo modelo historiográfico. Os dados demonstraram ainda que, apesar de criticar esse modelo, o curso de licenciatura em letras não só o adota, como também não proporciona momentos de reflexão crítica que propiciem ao licenciando embasamento para a adoção de outros modelos. Por fim, foi possível concluir que os entrevistados gostariam de adotar outro modelo de ensino em sua prática profissional.


Palavras-chave


Modelo de ensino de literatura. Abordagens de ensino. Formação de professores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista Clarabóia está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem:

DOAJ  Latindex IBICT  DIADORIM  ERIHPLUS Redib MIAR WorldCat CiteFactor MLA

Licença Creative Commons
Revista Claraboia está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/claraboia