DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL NO CONTEXTO DA FORMAÇÃO INICIAL: UMA DISCUSSÃO SOBRE AS APRENDIZAGENS CONCERNENTES À MODELAGEM MATEMÁTICA

Bárbara Cândido Braz, Lilian Akemi Kato

Resumo


Com aportes na teoria social da aprendizagem, neste artigo apresentamos resultados de uma pesquisa na qual investigamos o desenvolvimento profissional de uma futura professora de Matemática no contexto da Modelagem Matemática. Para tanto, analisamos processos de negociação de significados mantidos por uma comunidade de prática, CoP, formada na disciplina de Modelagem Matemática de um curso de Licenciatura em Matemática de uma Universidade pública do Estado do Paraná e nos reportamos, especificamente, às experiências vividas por uma aluna, Ana, no decorrer da formação inicial e no seu primeiro ano de experiência profissional. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, cujos dados foram obtidos por meio de gravações audiovisuais das aulas acompanhadas pela primeira autora desse texto, entrevistas por pautas e anotações em diário de bordo e avaliados de acordo com a análise narrativa. A apreciação dos dados subsidiou inferências que remetem ao desenvolvimento profissional de Ana, no contexto da Modelagem, como: aprendizagens concernentes às características da Modelagem na Educação Matemática, quando e para quê usar Modelagem na aula de Matemática; e a superação de resistências, como a insegurança em relação ao conteúdo matemático e ao tempo didático no desenvolvimento de atividades desta natureza.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.