A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS COMO PROPOSTA METODOLÓGICA PARA A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DAS FUNÇÕES DEFINIDAS POR VÁRIAS SENTENÇAS

Ricardo Gonçalves, Norma Suely Gomes Allevato

Resumo


O presente trabalho refere-se ao Produto Educacional resultante de uma pesquisa de mestrado profissional desenvolvida com o objetivo de elaborar e aplicar uma proposta didática na tentativa de verificar quais contribuições a metodologia de ensino e aprendizagem através da Resolução de Problemas promove frente ao conteúdo das funções definidas por várias sentenças aliado a uma aprendizagem significativa.Para o desenvolvimento da pesquisa, adotamos a metodologia qualitativa, e os métodos empregados foram a pesquisa participante e a análise documental. Contou com a participação dos alunos do segundo ano do Ensino Médio em uma escola particular da cidade de Ourinhos/SP. Os dados coletados foram gravados em áudio e vídeo, fotografados, documentados e as descrições das atividades foram registradas em diário de bordo. A partir da aplicação da proposta aliada às orientações de documentos oficiais e aos fundamentos da metodologia de Resolução de Problemas,encontramos indicadores da aprendizagem significativa proposta por David Ausubel, os quais serão explicitados no presente trabalho. Também percebemos que a Resolução de Problemas como metodologia de ensino e aprendizagem favorece a investigação matemática e promove um ambiente colaborativo entre alunos e professores possibilitando maior autonomia na resolução de problemas e aprendizagem de conceitos e conteúdos matemáticos.


Texto completo:

PDF

Referências


ALLEVATO, N. S. G; ONUCHIC, L. R. Pesquisa em resolução de problemas: caminhos, avanços e novas perspectivas. Bolema. Rio Claro, n. 41, p. 73-98, dez. 2011.

ALLEVATO, N. S. G.; ONUCHIC, L. R. Ensino-aprendizagem-avaliação de Matemática: por que através da resolução de problemas? In: Onuchic, L. R. et al. (Org.) Resolução de Problemas: teoria e prática. Jundiaí: Paco Editorial.2014. p. 35-52.

AUSUBEL, D. P; NOVAK, J.D. e HANESIAN, H. Psicologia educacional. Rio de Janeiro: Interamericana. Tradução para português, de Eva Nick et al., da segunda edição de Educational psychology: a cognitive view. (1980).

BOGDAN, R.C.; BIKLEN, S. K. Investigação Qualitativa em Educação Matemática: uma introdução à teoria e aos métodos. Lisboa: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretária de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília: MEC, 1999. Disponível em: Acesso em: 10 jul. 2018.

____. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. PCN Ensino Médio: orientações educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC, SEMTEC, 2002. 144 p.

CORSETTI, B. Aanálise documental no contextodametodologiaqualitativa: uma abordagem a partir da experiência de pesquisa do programa de pós graduação em educação da UNISINOS. UNIREVISTA, v.1, n.1, p. 32-46, 2006.

DANTE, L. R. Didática da Resolução de Problemas de Matemática. 12.ed. São Paulo: Editora Ática, 2000.

GIOVANNI, J. R.; BONJORNO, J. R. Matemática Completa. 2.ed. volume 1. São Paulo: editora FTD, 2005.

XXXXX 2015a.

XXXXX. 2015b.

SOUZA, J. R. Novo Olhar Matemática. 1.ed. volume 1. São Paulo: editora FTD, 2010.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MOREIRA, M. A. (1997). Aprendizagem Significativa: um conceito subjacente. Encuentro Internacional sobre Aprendizaje Significativo. Actas... Burgos, Espanha. Servicio de Publicaciones de La Universidad de Burgos, pp. 19-44.

TORRES, P. L. Laboratório on-line de aprendizagem: uma proposta crítica de aprendizagem colaborativa para a educação. Tubarão: Ed. Unisul, 2004.

VAN DE WALLE, J. A. Matemática no ensino fundamental. 6.edição. Artmed, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico  
 

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542