APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA A PARTIR DE UMA SEQUENCIA DIDÁTICA PARA O ESTUDO DE LENTES ESFÉRICAS

Tarso Leandro Holanda Leite, Laudileni Olenka

Resumo


Este trabalho trata da utilização de uma metodologia baseada na Aprendizagem Significativa, sendo proposta uma sequência didática baseada na utilização de atividades experimentais sobre óptica geométrica. Diante dessa concepção, o objetivo geral foi construir uma metodologia que valoriza os conhecimentos prévios dos alunos de forma individual e em grupo, como também ajudar os professores a desenvolver uma metodologia mais dinâmica e participativa para trabalhar o conteúdo de lentes esféricas. A proposta, fundamentada pela teoria de David Ausubel, fornece uma sequência didática, com uma situação problema para cada atividade proposta, os discentes registram as suas possíveis hipóteses de forma individual, depois em grupos e finalmente são realizadas as demonstrações experimentais para discussão e compreensão dos conceitos. Durante o desenvolvimento da sequencia didática esses conceitos vão se formando e se firmando para ajudar o processo do aprendizado de forma duradoura, e desta forma trazer significado ao que ele aprende na teoria através de fórmulas e equações. 


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, M. S. T.; ABIB, M. L. V. S. Atividades Experimentais no Ensino de Física: Diferentes Enfoques, Diferentes Finalidades. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 25, n. 2, junho, 2003.

AUSUBEL, D.P. Educational Psychology: A Cognitive View. New York, Holt, Rinehart and Winston. 1968.

CARVALHO, A. M. P.; RICARDO, E. C.; SASSERON, L. H.; ABIB, M. L. V. S.; PIETROCOLA, M. Ensino de Física. São Paulo: Cengage Learning, Coleção ideias em ação. p.42, 2010.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A. Física. 2ed. São Paulo: Cortez, p.29, 1992.

GASPAR, A.; MONTEIRO, I. C. C. Atividades experimentais de demonstração em sala de aula: Uma análise segundo referencial da teoria de Vygotsky. Investigações em Ensino de Ciências, v.10, n. 2, p. 227-254, 2005.

LIBÂNEO, J. C. A didática e a aprendizagem do pensar e do aprender: a Teoria Histórico-cultural da Atividade e a contribuição de Vasili Davydov. Revista Brasileira de Educação, n. 27, 2004.

MOREIRA, M. A. Subsídios teóricos para o professor pesquisador em ensino de ciências. Porto Alegre, 1999. Disponível em: . Acesso em: 10 mai. 2018.

MOREIRA, M. A.. Al final, qué ES aprendizaje significativo?. Revista Qurriculum: revista de teoría, investigación y práctica educativa. La Laguna, Espanha. n. 25, p. 34, 2012.

PRÄSS, A. R. Teorias de Aprendizagem. Porto Alegre, 2012. Disponível em: Acesso em: 26 mar. 2018.

ROSA, C. W.; ROSA, A. B. Aulas experimentais na perspectiva construtivista: proposta de organização de roteiro para aulas de física. Revista Física na Escola, v. 13, n.1, 2012.

VILLATORRE, A. M.; HIGA, I.; TYCHANOWICZ, S. D. Didática e Avaliação em Física. Curitiba: Ed. IBPEX, p. 107 – 119, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico  
 

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542