O ENSINO DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL: POSSIBILIDADES E DESDOBRAMENTOS

Alessandro Cury Soares, André Luís Silva da Silva, Khalil Oliveira Portugal, Marcello Ferreira, Olavo Leopoldino da Silva Filho

Resumo


Este artigo discute e tenta compreender o ensino de Ciências na Educação Infantil, sob perspectivas teórico-metodológicas, utilizando de projetos pedagógicos de cunho interdisciplinar, buscando desenvolver, desvelar e descrever o pensamento científico das crianças dessa faixa etária, emergente da concepção de que a curiosidade e o desejo por aprender é inato do ser humano. Um projeto em especial, intitulado “As cores do arco-íris”, é discutido ao longo do texto em prol desta objetivação. Algumas das práticas desenvolvidas são descritas, a fim de contextualizar de que maneira se acredita que as discussões de características da Natureza são relevantes de serem realizadas nesse nível da Educação Básica. Verificou-se, precipuamente, que um projeto de ensino é amplamente favorecido, em sua potencialidade de ganho de significados inteligíveis e significativos, ao emergir de temáticas de interesse coletivo das crianças e relacionáveis a amplas realidades e contextos próximos a elas.


Texto completo:

PDF

Referências


BAPTISTA, Monica. Alfabetização e letramento em classes de crianças menores de sete anos. In: DALBEN, Angela; DINIZ, Júlio; LEAL, Leiva; SANTOS, Lucíola (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente: currículo, ensino de educação física; ensino de geografia; ensino de história; escola, família e comunidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2010, p. 95-110.

BARBOSA, Maria Carmen Silveira Barbosa; HORN, Maria da Graça Souza. Projetos pedagógicos na educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 2008.

BIZZO, Nelio. Ciências: fácil ou difícil? São Paulo: Biruta, 2009.

DELIZOICOV, Demétrio; ANGOTTI, José André; PERNAMBUCO, Marta Maria. Ensino de ciências: fundamentos e métodos. 4ª ed. São Paulo: Cortez, 2011.

FREIRE, Madalena. A paixão de conhecer o mundo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

LANES, Dário Vinícius Ceccon. Ensino de Ciências por meio da recreação na Educação Infantil. 79f. Dissertação (Mestrado em Educação Em Ciências) Programa de Pós-Graduação em Ciências: Química da Vida e Saúde, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2011.

KRAMER, Sonia. O papel da educação infantil na formação do leitor: descompassos entre as políticas, as práticas e a produção acadêmica. In: DALBEN, Angela; DINIZ, Júlio; LEAL, Leiva; SANTOS, Lucíola (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente: currículo, ensino de educação física; ensino de geografia; ensino de história; escola, família e comunidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2010, p. 111-133.

BRASIL, Ministério da Educação, Coordenação Geral de Educação Ambiental: Ministério do Meio Ambiente, Departamento de Educação Ambiental. Vamos cuidar do Brasil: Conceitos e práticas em educação ambiental na escola. 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/publicacao3.pdf. Acesso em 28 ago. 2019.

MIRANDA, Ana Célia de Brito; JÓFILI, Zélia Maria Soares; LEÃO, Ana Maria dos Anjos Carneiro; LINS, Mônica. Alfabetização ecológica e formação de conceitos na educação infantil por meio de atividades lúdicas. Investigações em Ensino de Ciências, v. 15, n. 1, p. 181-200, 2010.

OSTETTO, Luciana Esmeralda. Encontros e encantamentos na educação infantil. 3 ed. São Paulo: Papirus, 2000.

POSTMAN, Neil. O desaparecimento da infância. Tradução Suzana Menescal. Rio de Janeiro: Graphia, 1999.

RILEY, Jeni; SAVAGE, Jane. Lâmpadas, campainhas e baterias – o brincar e a ciência. In: MOYLES, Janet R. et.al. A excelência do brincar: a importância da brincadeira na transição entre educação infantil e anos iniciais. Porto Alegre: Artmed, 2006.

SASSERON, Lúcia Helena; CARVALHO, Anna Maria Pessoa de Carvalho. Almejando a alfabetização científica no ensino fundamental: a proposição e a procura de indicadores do processo. Investigações em Ensino de Ciências. v. 13, n. 3, 2008.

SILVA, Maria do Livramento Galvão; AIKAWA, Monica Silva; TERÁN, Augusto Fachin. Relatos sobre as práticas pedagógicas de ensino das ciências com crianças da educação infantil. Revista Amazônica de ensino de Ciências, v. 5, n. 9, p. 137-146, 2012.

ZABALZA, Miguel Angel. Qualidade em educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542