FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM UMA PERSPECTIVA CRÍTICO-REFLEXIVA: DELINEAMENTOS SOBRE A PRODUÇÃO DE UM MÓDULO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE QUÍMICA

Nara Alinne Nobre-Silva, Claudio Roberto Machado Benite

Resumo


A reflexão sobre a prática docente, associada ao trabalho colaborativo, enquanto elemento desencadeador do processo formativo constitui o objeto de investigação deste estudo. Logo, o presente artigo tem como objetivo discutir a importância dos espaços e tempos escolares para reflexões críticas do trabalho docente como viés para a produção de módulos didáticos que atendam o próprio contexto. A investigação seguiu quatro fases da Pesquisa Participante, contando com o envolvimento de cinco professores (Biologia, Química, Sociologia e Pedagogia) de uma escola pública. Assim, discorre-se acerca dos cursos de formação docente e de um trabalho colaborativo que culminou na elaboração de um módulo didático que abarcou temas locais e incentivou uma prática contextual e interdisciplinar. Os resultados apontam a relevância do trabalho conjunto, com troca de experiências e reflexões que subsidiem o processo formativo e, o entendimento de que o ensino se desenvolve num contexto sócio-político, que não é neutro, mas imbuído de subjetividades. 


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Ministério da Educação – Conselho Nacional de Educação – Resolução CNE/CP Nº2 de dezembro de 2019. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=135951-rcp002-19&category_slug=dezembro-2019-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 03 junho 2020.

CAMPOS, S.; PESSOA, V. I. F. Discutindo a formação de professoras e de professores com Donald Schӧn. In: GERALDI, C. M.; FIORENTINI, D.; PEREIRA; E. M. A. (orgs.) Cartografia do trabalho docente: professor(a)-pesquisador(a). Campinas, Mercado de Letras:ABL, p. 183-206, 1998.

CONTRERAS, J. A Autonomia de Professores. Trad. Sandra Tabucco Valenzuela. 2 ed. São Paulo: Cortez, 2012, 327p.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A.; PERNAMBUCO, M. M. Ensino de Ciências: Fundamentos e Métodos. 4ed. São Paulo: Cortez, 2011.

DEMO, P. Educar pela Pesquisa, 4 ªed. Campinas: Autores Associados, 2000.

DEMO, P. Pesquisa Participante: Saber pensar e intervir juntos. Brasília: Liber Livro Editora, 2004.

DI GIORGI, C. A. G. (org.) Necessidades formativas de professores da rede municipal: contribuições para a formação de professores crítico-reflexivos. São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, 2010.

GERALDI, C. M. G.; MESSIAS, M. G. M.; GUERRA, M. D. S. Refletindo com Zeichner: Um encontro orientado por preocupações políticas, teóricas e epistemológicas. In: GERALDI, C. M.; FIORENTINI, D.; PEREIRA; E. M. A. (orgs.) Cartografia do trabalho docente: professor(a)-pesquisador(a). Campinas, Mercado de Letras:ABL, p. 207-236, 1998.

GIROUX, H. Os professores como intelectuais: Rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Tradução André Bueno. Porto Alegre: Artmed, 1997.

LE BOTERF, G. Pesquisa Participante: Propostas e reflexões metodológicas. In: BRANDÃO, C. R. (Org.) Repensando a Pesquisa Participante, São Paulo: Editora Brasiliense, 1984.

MALDANER, O. A. A formação inicial e continuada de professores de Química: Professores/Pesquisadores, 2ª ed. 419p. Ijuí: Unijuí, 2003.

OLIVEIRA, M. M. Sequência didática interativa no processo de formação de professores. Petrópolis, RJ: 2013.

PEREIRA, J. E. A pesquisa dos educadores como estratégia para construção de modelos críticos de formação docente. In.: DINIZ-PEREIRA, J. E.; ZEICHNER, K. M. (Orgs.). A pesquisa na formação e no trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica 2002, p.11-42.

SÁ MOURA, P. R. A percepção da carga horária segundo o olhar do professor. Colóquio Comunicações Livres, 2009. Disponível em: < http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000032008000100068&script=sci_arttext>. Acesso em: 25 de abril de 2020.

SCHÖN, D. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: ARTMED, 2000.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 11ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: Elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação a formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, n. 13, 2000.

ZEICHNER, K. M. A formação reflexiva de professores: Ideias e práticas. Lisboa: Educa, 1993.

ZEICHNER, K. Teacher research as professional development for P- 12 educators in the U.S. Educational Action Research, v. 1, n. 2, p. 301- 325, 2003.

ZEICHNER, K. M. Uma análise crítica sobre a “reflexão” como conceito estruturante na formação docente. Educação e Sociologia, v. 29, n. 103, p. 535–554, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542