EDUCAÇÃO MATEMÁTICA CRÍTICA: REFLEXÕES SOBRE UM CENÁRIO PARA INVESTIGAÇÃO

Caliandra Piovesan, Gabriela Dutra Rodrigues Conrado, Letiane Oliveira da Fonseca, Márcia Souza da Fonseca

Resumo


Este texto apresenta resultados parciais do minicurso “Cenários para Investigação e Geometria Não Euclidiana: Possibilidades para o Ensino Fundamental”, ministrado no XIII Encontro Gaúcho de Educação Matemática (XIII EGEM) e VI Escola de Inverno de Educação Matemática (VI EIEMat), no segundo semestre de 2018. O minicurso abordou aspectos da Educação Matemática Crítica, na perspectiva de Ole Skovsmose, problematizando a função sociopolítica da Matemática na contemporaneidade. Desse modo, produzimos Cenários para Investigação a fim de que os participantes pudessem conhecer a abordagem teórica e refletir sobre a possibilidade de incluir, no trabalho didático, discussões sobre as relações de poder no ensino de Matemática e na formação dos estudantes. Utilizamos abordagem qualitativa para analisar a opinião dos participantes sobre abordagens pedagógicas adotando Educação Matemática Crítica e Cenários para Investigação e, para tanto, solicitamos que respondessem um questionário estruturado. Essa análise mostra que os participantes ressaltam a relevância de apresentar aplicações da Matemática na prática docente, porém as discussões sobre a função sociopolítica da matemática não foram abordadas nas respostas do questionário.


Texto completo:

PDF

Referências


BENNEMANN, Marcio; ALLEVATO, Norma Suely Gomes Educação matemática crítica. Revista de Produção Discente em Educação Matemática. ISSN 2238-8044, v. 1, n. 1, 2012. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/pdemat/article/view/9226.Acesso em: 10 Jan. 2018.

CEOLIM, Amauri. Jersi; HERMANN, Wellington. Ole Skovsmose e sua Educação Matemática Crítica. Revista Paranaense de Educação Matemática, v. 1, n. 1, p. 8-21, 2012.

GODOY, Elenilton Vieira. Currículo, cultura e educação matemática: uma aproximação possível? 01/10/2011 201 f. (Doutorado em Educação) Universidade de São Paulo, São Paulo Biblioteca Depositária: FEUSP.

KALEFF, Ana Maria. Geometrias Não-Euclidianas na Educação Básica: Utopia ou Possibilidade. X Encontro Nacional de Educação Matemática: Salvador–BA, 2010. Disponível em: http://www.lematec.net.br/CDS/ENEM10/artigos/PA/Palestra21.pdf. Acesso em: 21 Mai. 2018.

MINAYO, Maria Cecília Souza. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, p. 621-626, mar. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232012000300007&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 27 abr. 2020.

ROQUE, Tatiana; DE CARVALHO, João Bosco Pitombeira. Tópicos de história da matemática. Sociedade Brasileira de Matemática, 2012.

SKOVSMOSE, Ole. Cenários para Investigação. Bolema. Ano 13, n.14, 2000. p. 66-91.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542