APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO COM O ARCO DE MAGUEREZ NAS AULAS EXPERIMENTAIS DE QUÍMICA

Rodrigo Kendi Kimura, Carmem Lúcia Costa Amaral

Resumo


Este trabalho apresenta a descrição e resultado da aplicação de um produto educacional que teve como objetivo verificar a contribuição da Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez na aprendizagem significativa de química. Esse produto foi aplicado com 26 graduandos em Química nas aulas experimentais de separação de misturas. Inicialmente foi realizado um diagnóstico dos conhecimentos prévios dos graduandos, em seguida foram desenvolvidas a Metodologia da Problematização, avaliação da aprendizagem significativa, avaliação pelos alunos da Metodologia da Problematização e por último a avaliação da retenção de conhecimento, três meses após a aplicação desse produto. Os resultados mostraram que os alunos tinham conhecimentos prévios sobre o conteúdo escolhido e ao realizarem as etapas do Arco de Maguerez resolveram a situação problema, que era a separação da mistura, evidenciando que houve aquisição de conhecimento com atribuição de significado. A partir dos resultados observados pode-se concluir que a utilização dessa metodologia contribui para uma aprendizagem significativa.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, D. P.; TERÁN, A. F. Experiência de ensino usando a teoria da aprendizagem significativa em espaços educativos. Aprendizagem Significativa em Revista, v.9, n.1, p.48-64, 2019.

ANDRADE, M. L. F.; MASSABNI, V. G. O Desenvolvimento de atividades práticas na escola: um desafio para os professores de ciências. Ciência & Educação, v.17, n.4, p. 835-854, 2011.

ANDRADE, R. A.; SIMÕES, A. S. M. Drogas: uma proposta de metodologia da problematização no Ensino de Química. Thema, v. 15, n. 1, p. 5-24, 2018.

ATKINS, P.; JONES, L.; LAVERMAN, L. Princípios de Química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. Porto Alegre: Bookman, 2018.

AUSUBEL, D. P.; NOVAK, J. D.; HANESIAN, H. Psicologia Educacional. 2. Ed., Rio de Janeiro: Interamericana, 1980.

AUSUBEL, D. P. Aquisição retenção de conhecimentos: Uma perspectiva cognitiva. 1. Ed., Lisboa: Plátano, 2003.

BERBEL, A. N. Metodologia da Problematização: fundamentos e aplicações. Londrina: Ed. UEL, 1999.

BORDENAVE, J.; PEREIRA, A. Estratégias de ensino aprendizagem. 1a Ed., Petrópolis: Vozes, 1997.

BORDENAVE, J.; PEREIRA, A. Estratégias de ensino aprendizagem. 4a Ed., Petrópolis: Vozes, 2005.

BOTH, J. Química geral e inorgânica. Porto Alegre: SAGAH, 2018.

COHEN, E.; LOTAN, R.A. Planejando o trabalho em grupo: Estratégias para salas heterogêneas. Porto Alegre: Penso, 2017.

COLOMBO, A. A.; BERBEL, N. A. N. A metodologia da problematização com o arco de Maguerez e sua relação com os saberes de professores. Semina: ciências sociais e humanas, v. 28, n. 2, p. 121-146, 2007.

FIOROTTO, N. R. Técnicas Experimentais em Química: normas e procedimentos. São Paulo: Érica, 2014.

GALVÃO, I. C. M.; ASSIS, A. Atividade experimental investigativa no ensino de física e o desenvolvimento de habilidades cognitivas. REnCiMa, v.10, n.1, p. 14-26, 2019.

MOREIRA, M. A. Teorias de Aprendizagem. 2. Ed., São Paulo: EPU, 2011.

MOREIRA, M. A. O que é afinal aprendizagem significativa? Qurriculum, n. 25, p.29-26, 2012.

SANTOS, T. N. P.; BATISTA, C. H.; OLIVEIRA, A. P. C.; CRUZ, M. C. P. Aprendizagem ativo-colaborativo-interativa: inter relações e experimentação investigativa no ensino de eletroquímica. Química Nova na Escola, v.40, n.4, p.258-266, 2018.

SILVA Jr, J. N.; BARBOSA, F. G.; MAFEZOLI, J.; LIMA, M.A.S. Utilização do Arco de Maguerez Modificado como uma Metodologia Problematizadora na Síntese da p-Nitroacetanilida. Rev. Virtual Quim., v.6, n.4, p.978-988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542