UM PRODUTO EDUCACIONAL PARA AUXILIAR NA APRENDIZAGEM DE FÓRMULAS, EQUAÇÕES E MODELOS MATEMÁTICOS APLICADOS NA QUÍMICA: o caso do aplicativo FoQ1 Química

Jocimario Alves Pereira, Bruno Silva Leite

Resumo


Na educação as Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC) ganham espaços importantes, por exemplo, as interfaces de comunicação e jogos eletrônicos funcionam como recursos auxiliares no processo de ensino e aprendizagem. Diante desta situação o desenvolvimento de apps com objetivos específicos é uma maneira de contribuir para novas situações didáticas, como também possibilitar novos espaços de pesquisas. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é apresentar as ações norteadoras no desenvolvimento de um produto educacional (um aplicativo) elaborado no Programa de Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional (PROFQUI), intitulado FoQ1 Química. Este trabalho se configura como uma pesquisa exploratória, pois expõem o procedimento de desenvolvimento de um aplicativo para o ensino de Química, sendo aplicado um questionário a 94 estudantes do ensino médio para direcionar conteúdos que serão abordados no aplicativo. A pesquisa foi realizada em quatro momentos: (1) levantamento das dificuldades dos estudantes em relação a Química por meio de um questionário; (2) análise das respostas do questionário; (3) pesquisa na Google Play de aplicativos para orientar a construção do protótipo; (4) elaboração do aplicativo. Os resultados do questionário mostraram quais conteúdos os estudantes mais têm dificuldades, permitindo a elaboração do aplicativo FoQ1 Química, desenvolvido na plataforma Ionic. Assim, conjectura-se que o FoQ1 Química possa colaborar no processo de ensino e aprendizagem dos conceitos para auxiliar os estudantes nos estudos de Fórmulas, Equações e Modelos Matemáticos Aplicados na Química.


Texto completo:

PDF

Referências


APPOLINÁRIO, F. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 2011.

AQUINO, I. S. Como escrever artigos científicos: Sem “arrodeio” e sem medo da ABNT. São Paulo: Saraiva, 2010.

ARANTES, H. F.; SEABRA, R. D. T. M. E.: Aplicativo M-Learning para o Estudo de Conceitos Matemáticos com Ênfase no ENEM. In.: XXVII Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE 2016), [s. l.], v. 27, n. 5, p. 1-10, 7 nov. 2016.

ARAÚJO, I. A. Análise da ascensão do sistema operacional Android no mercado a partir de suas evoluções. Revista de Tecnologia da Informação e Comunicação da Faculdade Estácio do Pará, [s. l.], v. 3, n. 5, p. 54-67, 2020.

BALTRUSAITIS, T.; ROBINSON, P.; MORENCY, L.-P. Openface: um kit de ferramentas de análise de comportamento facial de código aberto. Em: 2016 IEEE Winter Conference on Applications of Computer Vision (WACV). Lake Placid: IEEE, 2016. p. 1-10.

BARBOZA, A. K. A. A (inter) relação da matemática e a química: uma visão pontual de alunos do 1º ano do ensino médio. 2016. 35 f. Monografia (Especialização) - Curso de Especialização em Ensino de Ciências e Matemática para Séries Finais, Universidade Federal de Integração Latino-americano, Foz do Iguaçu, 2016.

BOLL, C. I.; LOPES, R. C.; LUCHINI, N. A. Tecnologias móveis e educação a distância: mais do que criar aplicativos é preciso saber o que fazer com eles. In: Simpósio Internacional de Educação a Distância, 3., 2016, São Carlos. Anais SIED: EnPED: 2016. São Carlos: Horizonte-UFSCAR, 2016. p. 1-11.

BRASIL, MEC. BNCC–Base Nacional Curricular Comum. Brasília: SEE, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. MATRIZ DE REFERÊNCIA ENEM. Disponível em: https://download.inep.gov.br/download/enem/matriz_referencia.pdf. Acesso em: 12 jun. 2020.

CARMO, C. R. S. Materiais Didáticos e o Processo de Ensino e Aprendizagem: uma análise comparativa do aproveitamento acadêmico no curso de ciências contábeis. Revista de Auditoria Governança e Contabilidade, Monte Carmelo, v. 4, n. 14, p. 148-158, 2016.

CARMO, V. O uso de questionários em trabalhos científicos, 2013. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2020.

CARVALHAES, K. F. O uso de aplicativos gratuitos como recurso didático no ensino de Química. 2016. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Química) - Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

DALMON, D. L.; BRANDÃO, L. O. Sobre o Desenvolvimento de Software Educacional: proposta de uma Linha de Produto de Software para Módulos de Aprendizagem Interativa. Revista Brasileira de Informática na Educação, v. 21, n. 03, p. 113-130, 2013.

FAGUNDES, V. C. F.; FAGUNDES, C. F.; ANSANI, V. L.; CARLOS, E. A., SANTOS, M. Desenvolvimento de aplicativo para transcrição de fórmulas e equações químicas da escrita à tinta para o Braille. Revista Iluminart, n. 16, p.21-26, 2018.

FIGUEIREDO, M.; RODRIGUES, J. Matemática com a APP MILAGE APRENDER+. In: X Conferência Internacional de TIC na Educação – Challenges 2017, 2018, Anais. Braga: Portugal, 2018, p. 197-207.

FLANAGAN, D. JavaScript: o guia definitivo. 6ª Ed. Porto Alegre: Bookman Editora, 2011.

FRANÇA, V. M.; CARNEIRO, N. A.; MEDEIROS, B. C.; DANJOUR, M. F.; NETO, M. V. S. Fatores favoráveis à aceitação de aplicativos móveis: um estudo com Alunos de uma instituição pública de ensino. Sistemas & Gestão, v. 11, n. 1, p. 120-32, 2016.

GHOBRIL, A. N. Ações de capacitação em tecnologia mobile: da criação do app à formação de novos empreendedores digitais. São Paulo: Mackenzie, 2016.

GOIS, A. Ionic Framework: construa aplicativos para todas as plataformas mobile. São Paulo: Casa do Codigo, 2017.

GOMES, G. B.; LIMA, I. C.; BEZERRA, I. A.; SANTOS, K. S.; VIANA, F. A. M.; CAMPOS NETO, F. H. Uso de Ferramentas Digitais no Ensino e Aprendizado da Disciplina de Anatomia Humana. In: Encontro de Monitoria e Iniciação Científica, 6., 2018, Fortaleza. Anais Arte e Conhecimento Conexão Fametro. Fortaleza: Doity, 2018. p. 1-6.

GOOGLE PLAY. APPS: Química. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2020.

GUARDA, G. F.; CUNHA, L. R. R.; GONÇALVES, C. S. Uso de Aplicativos Educacionais: experiências com aprendizagem criativa na educação básica. In: Congresso Brasileiro de Informática na Educação, 8., 2019, Brasília. Anais do workshop de informática na escola. Brasília: Cbie:wie, 2019. p. 138-147.

HABOWSKI, A. C.; CONTE, E. Cultura digital versus autoridade pedagógica: tendências e desafios. Linhas Críticas, Brasília, v. 24, n. 28, p. 278-301, 2018.

KRIMBERG, L.; SONEGO, A. H. S.; RIBEIRO, A. C. R.; BEHAR, P. A. Construção de aplicativos educacionais na formação de professores: critérios pedagógicos, técnicos e interativos. In: SÁNCHEZ, J. (ed.). Nuevas Ideas en Informática Educativa. Santiago: Organiza, 2017. p. 144-149.

LEITE, B. S. Tecnologias no ensino de química: teoria e prática na formação docente. Curitiba: Appris, 2015.

LEITE, M. B.; SOARES, M. H. F. B. Cálculos químicos nos capítulos de solução e estequiometria em livros didáticos de química aprovados pelo PNLD/2012/2015. Educação Química en Punto de Vista, Foz do Iguaçu, v. 2, n. 1, 2018.

LEMOS, A. D.; SILVA, G. J.; FREITAS, G. L.; SANTANA, L. N.; CORDEIRO, M. S,; CARDOSO, M. C.; SANTOS JÚNIOR, W. P. Linux. Anápolis: Unievangélica, 2018. 59 p.

LIMA, W. D. Android e a influência do Sistema Operacional Linux. Tecnologias em Projeção, Brasília, v. 8, n. 1, p. 100-111, 2017.

MARTINS, G.; LUCA, H. M.; SCHWEITZER, J. S.; JULIANI, J. P.; JÚNIOR, D. I. R. Inovação em bibliotecas: relato de experiência sobre a criação do aplicativo Vestbook SC. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, v. 22, n. 3, p. 596-610, 2017.

MOURA, A. Aprendizagem Móvel e ferramentas digitais para inovar em sala de aula. In: JORNADAS Virtuais: Vivências e Práticas das Tecnologias Educativas. Fortaleza: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia-ibict, Secretaria de Educação do Estado do Ceará–SEDUC, 2016. p. 75-94.

OLIVEIRA, A. L. S.; NETTO, D.; CASSAL, J. B. K.; GENEROSO, M. G.; SILVA, W. P.; SANTOS, C. M. F. Matemática aplicada na química: ensino de equações logarítmicas no cálculo do ph. In: Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense, 6., 2017, Criciúma. Anais… Criciúma: Sict-sul, 2017. p. 416-423.

POLIDORO, L. F.; STIGAR, R. A transposição didática: a passagem do saber científico para o saber escolar. Ciberteologia–Revista de Teologia & Cultura. Ano VI, São Paulo, n. 27, p. 153-159, 2010.

RODRIGUES, C.; VIERA, A. F. Livros didáticos digitais em ambientes computacionais nas nuvens. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 15., 2014, Belo Horizonte. Anais… BENANCIB. Belo Horizonte: UFMG, 2014.

SANTOS, C. E. M.; LEITE, B. S. Construção de um jogo educativo em uma plataforma de desenvolvimento de jogos e aplicativos de baixo grau de complexidade: o caso do Quizmica-Radioatividade. RENOTE- Revista Novas Tecnologias na Educação, v. 17, n. 1, p. 193-202, 2019.

SILVA, K. A. P.; ALMEIDA, L. M. W. A percepção da matemática em livros didáticos de química. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 21, e10482, 2019.

SILVA, Maurício Samy. Criando sites com HTML: sites de alta qualidade com HTML e CSS. São Paulo: Novatec Editora, 2008.

SILVA, P. A.; LIMA, C. A. M.; ALBUQUERQUE, O.; SILVA, C. P. Principais aplicativos para smartphones no ensino de química. CIET: EnPED, [s. l.], 2018.

SILVA, R. G. MAGALHÃES, J. O. L. SILVA, I. R. R. FAGUNDES, R. A. A. LIMA, E. A. O. MACIEL, A. M. A. Rating Prediction of Google Play Store apps with application of data mining techniques. IEEE Latin America Transactions, [s. l.], v. 100, n. 1e, 2020.

SOAD, G. W. Avaliação de qualidade em aplicativos educacionais móveis. 2017. 149 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ciências de Computação e Matemática Computacional, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017.

ZIEDE, M. K. L.; SILVA, E. T.; PEGORARO, L.; CANALLE, E. M.; SILVA, A. O. M.; CARVALHO, A. F. W. Tecnologias digitais na educação básica: desafios e possiblidades. RENOTE-Revista Novas Tecnologias na Educação, v. 14, n. 2, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542