Editorial

Marlize Spagolla Bernardelli

Resumo


Prezados(as) leitores(as)

A REPPE: Revista de Produtos Educacionais e Pesquisa em Ensino, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), acaba de publicar a primeira edição do quarto volume, contemplando estudos relevantes desenvolvidos sobre diversos temas na área de Ensino.

Os autores Morais, Silva e Cavalcanti, no primeiro artigo, objetivaram analisar como a aplicação de uma Sequência Didática (SD) a respeito dos agentes antimicrobianos e resistência bacteriana colabora para os processos de ensino e de aprendizagem de alunos do Ensino Médio. 

Na sequência, Vestena e Bem, no segundo artigo, fazem uma reflexão sobre os resultados da construção e aplicação do jogo RECICLAPPSM. O jogo possui fins educacionais para o letramento científico, ambiental e tecnológico das crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental.

O terceiro artigo, de Rockenbach et al., apresenta um produto educacional para o ensino de Estereoquímica, tendo como alicerce a Teoria da Aprendizagem Significativa, denominado unidade de ensino potencialmente significativa. Considerando que o conhecimento prévio influencia fortemente a aprendizagem, utiliza-se a temática plantas medicinais devido a sua estreita relação com o ensino de Química.

No quarto artigo, Lemke e Scheid discutem uma proposta de ensino interdisciplinar entre Ciências e Educação Física, com os conteúdos de Fisiologia Humana e Fisiologia do Exercício para o Ensino Fundamental. A proposta foi construída  mediante 16 aulas com concepções da investigação-ação, estruturada em três momentos pedagógicos: problematização inicial, organização do conhecimento e aplicação do conhecimento. O planejamento se divide em nove temas principais e 30 subtemas. Os conteúdos estão de acordo com as propostas de competências estabelecidas na Base Nacional Comum Curricular para os anos finais do ensino fundamental, além de estarem de acordo com o Plano Nacional de Promoção da Saúde, Diretrizes Curriculares Nacionais e a Carta Brasileira de Prevenção Integrada na Área da Saúde na perspectiva da Educação Física.

Reis e Victer, no quinto artigo, relatam os resultados de um produto educacional nomeado Game Fracionário. O jogo foi elaborado para alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental II de uma escola estadual do município de Duque de Caxias, Estado do Rio de Janeiro, e tem como objetivo auxiliar na aprendizagem do Conjunto dos Números Racionais ().

No artigo sexto, Piovesan et al. discutem os resultados parciais do minicurso “Cenários para Investigação e Geometria Não Euclidiana: Possibilidades para o Ensino Fundamental”, ministrado no XIII Encontro Gaúcho de Educação Matemática (XIII EGEM) e VI Escola de Inverno de Educação Matemática (VI EIEMat), no segundo semestre de 2018. O minicurso abordou aspectos da Educação Matemática Crítica, na perspectiva de Ole Skovsmose, problematizando a função sociopolítica da Matemática na contemporaneidade.

Os autores Kimura e Amaral, no sétimo artigo, apresentam a descrição e resultado da aplicação de um produto educacional que teve como objetivo verificar a contribuição da Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez na aprendizagem significativa de Química. Esse produto foi aplicado em 26 graduandos em Química, nas aulas experimentais de separação de misturas. Inicialmente foi realizado um diagnóstico dos conhecimentos prévios dos graduandos. Em seguida foram desenvolvidas a Metodologia da Problematização, avaliação da aprendizagem significativa, avaliação pelos alunos da Metodologia da Problematização e, por último, a avaliação da retenção de conhecimento, ocorrida três meses depois da referida aplicação do produto.

No oitavo artigo, Silva, Perinelli Neto e Oliveira relatam a exploração de aspectos acerca do conceito de Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP). Inicialmente, apresenta-se uma visão geral da perspectiva sociocultural dos processos psicológicos. Em seguida discutem algumas definições de ZDP e problemáticas envolvendo traduções de textos que apresentam essas definições. Nesse contexto, são enfatizados o modo como são tratados os verbetes atual, real e potencial e um quadro teórico denominado quatérnio ontológico. Esse quatérnio é um modo de se conceber as relações envolvendo o possível, o real, o atual e o virtual. Essa perspectiva é utilizada para produzir significados mediante um arquivo em formato de vídeo digital.

Santos, Mourão e Fernandes, no nono artigo, identificam as percepções de alguns alunos da Educação Básica e professores das Ciências da Natureza acerca do ensino da Astronomia Indígena. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, com 12 professores e 23 alunos do nono ano do Ensino Fundamental II. Para conhecer as percepções dos participantes a respeito da Astronomia Indígena, foi aplicado um questionário aos professores e desenvolvida uma Sequência Didática baseada nos Três Momentos Pedagógicos, de Delizoicov e Angotti, com os alunos. 

No décimo e último artigo, Nobre-Silva e Benite discutem a importância dos espaços e tempos escolares para reflexões críticas do trabalho docente como viés para a produção de módulos didáticos que atendam o próprio contexto. 

Assim, diante dessa gama de proposições, desejamos que este número da REPPE promova inquietações e reflexões acerca dos diversificados temas apresentados.

Boa leitura!


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542