FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: EXPLORANDO RECURSOS EDUCACIONAIS E TECNOLÓGICOS DA WEB PARA A CONSTRUÇÃO DE UM CURSO ON-LINE

Rosimari Ruy, Francisco Rolfsen Belda, Alessandra Viveiro

Resumo


Este trabalho apresenta o processo de construção e uma experiência de implementação do protótipo de um curso on-line de formação de professores em Educação Ambiental, com o uso de recursos tecnológicos e educacionais disponíveis na rede mundial de computadores. O produto educacional em questão oferecia uma formação introdutória com ênfase na perspectiva crítica da Educação Ambiental, objetivando desencadear reflexões que pudessem promover a construção de saberes socioambientais, a capacidade de análise crítica e a autonomia, equipando o docente para a tomada de decisões diante dos desafios que se apresentam à abordagem das temáticas ambientais na prática pedagógica cotidiana. O curso foi desenvolvido com base em metodologias ativas que pudessem estimular a autoaprendizagem, o pensamento crítico e a construção de saberes em rede, com o suporte do ambiente virtual de aprendizagem Moodle. Enquanto produto educacional, a proposta de formação foi pensada de modo a ser ofertada como um curso on-line aberto e massivo, autodirigido. Experimentalmente, ofertou-se um protótipo para um grupo de quarenta e oito docentes, a fim de verificarmos a validade da proposta. A implementação do protótipo resultou em bom grau de satisfação e aprendizagens dos concluintes e apontou haver ampla demanda por formação docente em Educação Ambiental em todo o território brasileiro.


Texto completo:

PDF

Referências


BELLE ÉPOQUE Produtora. Educação Ambiental na escola. YouTube – Belle Epoque, 10 dez. 2012, 6’46. Disponível em: https://youtu.be/p63Odwq4G6Y. Acesso em: 13 jul. 2021.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília: Diário Oficial da União, 05 out. 1988.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio. Brasília: MEC/SEF, 2000.

BRASIL. Parâmetros em ação – Meio ambiente na escola. Brasília: MEC/SEF, 2001.

BRASIL. Programa nacional de educação ambiental - ProNEA. 3 ed. Ministério do Meio Ambiente, Diretoria de Educação Ambiental; Ministério da Educação. Coordenação Geral de Educação Ambiental. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2005.

BRASIL. Resolução CNE/CP n. 1, de 27 de outubro de 2020. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Continuada de Professores da Educação e institui a Base Nacional Comum para a Formação Continuada de Professores da Educação Básica (BNC-Formação Continuada). Diário Oficial da União, Brasília, 29 de outubro de 2020, Seção 1, p. 103-106.

BRASIL. Resolução CNE/CP n. 2, de 15 de junho de 2012. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Diário Oficial da União, Brasília, 18 de junho de 2012, Seção 1, p. 70.

BRASIL. Temas contemporâneos transversais na BNCC – Propostas de práticas de implementação. Brasília: MEC, 2019.

DURÃES, A. C. F. Os contextos de aprendizagem resultantes da utilização do Moodle, numa perspetiva crítica de inovação pedagógica. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação – Inovação Pedagógica) – Universidade da Madeira, Funchal, 2013.

EDUCAÇÃO ABERTA. Recursos Educacionais Abertos (REA): um caderno para professores. Campinas, 2013. Disponível em: http://educacaoaberta.org/cadernorea. Acesso em: 31 jul. 2021.

FREEPIK. [repositório on-line de recursos gráficos]. S. d. Disponível em: https://br.freepik.com. Acesso em: out. 2020.

GRANDISOLI, E. Educação ambiental: caminhos para a prática. En LAMIM-GUEDES, V.; MONTEIRO, R. A. A. (org.). Educação ambiental na educação básica: entre a disciplinarização e a transversalidade da temática socioambiental. 2a. ed. São Paulo: Editora Na Raiz, 2019. p. 67-72.

LAYRARGUES, P. P.; LIMA, G. F. C. As macrotendências político-pedagógicas da educação ambiental brasileira. Ambient. soc., São Paulo, v. 17, n. 1, p. 23-40, mar. 2014. Disponível em: https://is.gd/1c47jc. Acesso em: 13 jul. 2021.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. 6a. Ed. São Paulo: Editora Atlas, 2007.

MELLO, P. Análise da produção acadêmica sobre educação ambiental no ensino fundamental II. Dissertação (Mestrado em Ensino e História de Ciências da Terra) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2019.

MORAN, J. Metodologias ativas para uma aprendizagem mais profunda. Blog, José Moran – Educação Transformadora, 2013. Disponível em: https://is.gd/ftmfG3. Acesso em: 13 jul. 2021.

PALAVRA CANTADA. Quando eu era um peixinho. YouTube – Palavra Cantada Oficial, s. d. Disponível em: https://youtu.be/RpMrpRPZ0Zs. Acesso em: 13 jul. 2021.

PEREIRA, A. G.; LARANJO, J. C.; FIDALGO, F. S. R. Formação continuada de professores e EAD – superação de limites e limites da superação. SIED e EnPED 2012. Disponível em: https://is.gd/NpQKff. Acesso em: 31 jul. 2021.

RIEDO, C. R. F.; PEREIRA, E. M. A.; WASSEM, J. GARCIA, M. F. O desenvolvimento de um MOOC (Massive Open Online Course) de educação geral voltado para a formação continuada de professores: uma breve análise de aspectos tecnológicos, econômicos, sociais e pedagógicos. Anais do SIED:EnPED:2014. Disponível em: https://is.gd/Pmc18Q. Acesso em: 05 ago. 2021.

RUY, R. A educação ambiental escolar revisitada: novos olhares, velhos problemas. Monografia (Especialização em Educação: Ciência, Tecnologia e Sociedade) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, São Carlos, 2021. Disponível em: https://is.gd/XfFAwB. Acesso em: 05 ago. 2021.

RUY, R.; BELDA, F. R. Classroom versus moodle: um relato descritivo-comparativo a partir da experiência da construção de um curso on-line. Ciências em Foco, Campinas, v. 14, p. e021002, 2021. Disponível em: https://is.gd/oK3dya. Acesso em: 13 jul. 2021.

SANTOS, L. F. Boas práticas: conheça projetos que promovem a educação ambiental. GZH – Conhecimento Transforma, Porto Alegre, 02 out. 2017. Disponível em: https://is.gd/ELiFkf. Acesso em: 13 jul. 2021.

SILVA, N. P. Educação Ambiental (EA) conservadora. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) – Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, 2019a. YouTube – Educação Ambiental, 07 fev. 2019, 4’30. Disponível em: https://youtu.be/pUZGe1UfnZU. Acesso em: 13 jul. 2021.

SILVA, N. P. Educação Ambiental (EA) crítica. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) – Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, 2019b. YouTube – Educação Ambiental, 07 fev. 2019, 3’27. Disponível em: https://youtu.be/NB8dCuQDXbs. Acesso em: 13 jul. 2021.

SILVA, N. P. Educação Ambiental (EA) pragmática. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) – Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, 2019c. YouTube – Educação Ambiental, 07 fev. 2019, 1’58. Disponível em: https://youtu.be/3QuXNcCdbN0. Acesso em: 13 jul. 2021.

ZANOTTO, M. A. C. Docência em EaD: planejamento pedagógico de disciplinas. São Carlos: Portal de Cursos Abertos da Universidade Federal de São Carlos – PoCA-UFSCar, 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE
ISSN: 2526-9542