TEORIA DISCURSIVA HABERMASIANA E O DEBATE SOBRE A LEGITIMIDADE DOS INVESTIMENTOS PÚBLICOS NO SETOR PRIVADO

Emilim SHIMAMURA

Resumo


O presente artigo visa discutir a necessidade de serem criadas normas jurídicas válidas e fáticas de acordo com a teoria habermasiana Discursiva Moral e Discursiva do Direito, segundo o qual a democratização dos processos políticos e da elaboração de leis devem passar por uma esfera de debate público que leve em consideração o contrato social e vontade coletiva, sem deixar de proceder pela esfera parlamentar, no sentido de preservar, ao mesmo tempo, a legalidade e o ordenamento jurídico, bem como o Estado Democrático de Direito. Neste sentido, será discutido o atual debate sobre os investimentos públicos em empresas e bancos privados, haja vista que os especialistas têm apontado que o Estado, uma vez impossibilitado de tributar os grandes lucros transnacionais e financeiros, utiliza-se de recursos advindos da arrecadação social para


Texto completo:

PDF

Referências


BANNWART JR., Clodomiro José. As implicações da ação do profissional da saúde. Revista maquinações. Disponível em Acessado em 20/05/2009.

BASTOS, Carolina Vieira Ribeiro de Assis. Análise do conselho nacional de meio ambiente a partir do paradigma procedimental do direito. 2008. Dissertação (Mestrado em Direito). Universidade Estadual de Londrina, Londrina.

FARIA, José Eduardo. O direito na economia globalizada. São Paulo: Malheiros, 2004.

HABERMAS, Jurgen. A constelação pós-nacional: ensaios políticos. São Paulo: Lettera Mundi, 2001.

KLEIN, Naomi. A ideologia de livre mercado está longe de acabar. New York Times, 24/03/2009. Disponível em . MARQUES NETO, Floriano Peixoto de Azevedo. Regulação estatal e interesses públicos. São Paulo: Malheiros, 2002.

MARZÁ, Domingo Garcia. Ética empresarial: do diálogo à confiança na empresa.Traduzido por Jovino Pizzi. Pelotas: Unisinos, 2008.

NUSDEO, Fábio. Curso de economia: introdução ao direito econômico. 3 ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001.

PRADO, Maurício Almeida. A crise financeira e o novo papel do estado. Valor Jornal Econômico, 09/01/2009.

ROUANET, Sérgio Paulo. Dilemas da moral iluminista. São Paulo: Schwarcz, 1992.

Programa de Mestrado em Ciência Jurídica da UENP 153

SEN, Amartya. Necessitamos de uma aliança entre estado e mercado. Entrevista ELPAIS. Data: 08/02/2009.

VELASCO, Juan Carlos. Para leer habermas. Madrid: Alianza, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.35356/argumenta.v13i13.177

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista Argumenta

 A Revista Argumenta está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem:
DOAJ DRJILivre! Proquest EBSCO  DIADORIM IBICT LAINDEX

 

ARGUMENTA JOURNAL LAW

Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica

E-mail : argumenta@uenp.edu.br
Telefone/fax 4335258953
Horário de atendimento de segunda-feira à sexta-feira 14 às 17h e das 19 às 23h e nos sábados das 08 até 12h
Endereço: Av. Manoel Ribas, 711 - 1º andar
Jacarezinho PR - 86400-000 - Brasil