SISTEMA PENAL E EXCLUSÃO SOCIAL – QUESTÕES DE CLASSE SÓCIO-ECONÔMICA

Aimbere Francisco TORRES

Resumo


Este estudo procura chamar a atenção para o fato de o Poder Judiciário encontrar-se a serviço de um Poder Legislativo subjugado por uma elite capitalista, cujo interesse primordial é manter-se no poder à custa da segregação das minorias
étnicas, utilizando-se da dogmática penal como instrumento de práticas de manipulação e conservação do poder.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Vera Regina Pereira de. A construção social dos conflitos agrários como criminalidade. p. 328.

BARATTA, Alessandro. Direitos Humanos: entre a violência e a violência penal, Fascículos de Ciências Penais. Porto Alegre, n.2, abr/mai/jun 1993.

BARCELLOS, Caco. Rota 66 – A história da policia que mata. 5. ed. São Paulo: ed. Globo, 1992, p. 259.

CALDEIRA, Teresa Pires do Rio. Cidade de Muros: Crime, segregação e cidadania em São Paulo. 2. ed. São Paulo: ed. 34, 2003, p.108.

HUNGRIA, Nelson. et. al. Comentários ao código penal. 6. ed. Rio de Janeiro, ed. Forense, 1980. v 1, p. 34-37.

IBCCRIM, Instituto Brasileiro de Ciências Jurídicas. Boletim n. 53. abr. 1997.Editorial.

JUNIOR, Hédio Silva. Revista Brasileira de Ciências Criminais, n.27, Sociologia Jurídica – Direito Penal em Preto e Branco, p. 328, 333.

KARAN, Maria Lúcia. De crimes, penas e fantasias. 2 ed. Rio de Janeiro: ed. Luam, 1993, p. 206, 207.

LAFER, Celso. A reconstrução dos direitos humanos. São Paulo: ed. Schwarcz ltda., 1999, p. 19, 39.

PINHEIRO, Paulo Sérgio. Escritos indignados. São Paulo: ed. Brasiliense, 1984. p.56,79, 82.

ROCHA, Carmem Lúcia Antunes. Princípios constitucionais da administração pública. Belo Horizonte, 1994, p. 23

VARELLA, Marcelo Dias. Introdução ao direito à reforma agrária. O Direito face aos novos conflitos sociais. São Paulo: ed. de Direito, 1998, p. 349.

ZAFFARONI, Eugenio Raul. Em busca das penas perdidas: a perda de legitimidade do sistema penal. Rio de Janeiro: ed. Revan, 1991, p. 149.

WILCKEN, Patrick. Império à Deriva – A Corte Portuguesa no Rio de Janeiro, 1808 – 1821. Rio de Janeiro: ed. Objetiva, tradução Vera Ribeiro, 2005, p. 121, 206, 216.

WOLKMER, Antonio Carlos. Pluralismo Jurídico–Fundamentos de uma nova cultura no Direito. 2. ed. São Paulo: Ed. Alfa Omega, 1997, p. 76.




DOI: http://dx.doi.org/10.35356/argumenta.v5i5.43

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista Argumenta

 A Revista Argumenta está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem:
DOAJ DRJILivre! Proquest EBSCO  DIADORIM IBICT LAINDEX

 

ARGUMENTA JOURNAL LAW

Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica

E-mail : argumenta@uenp.edu.br
Telefone/fax 4335258953
Horário de atendimento de segunda-feira à sexta-feira 14 às 17h e das 19 às 23h e nos sábados das 08 até 12h
Endereço: Av. Manoel Ribas, 711 - 1º andar
Jacarezinho PR - 86400-000 - Brasil