ALIENAÇÃO E CLANDESTINIDADE, OU O RUMO PERVERSO DA POLÍTICA

Martonio Mont’Alverne BARRETO LIMA

Resumo


O artigo, uma homenagem ao Professor Friedrich Muller, apresenta a reflexão sobre duas perguntas: A primeira indagação é sobre a natureza da força da alienação na política, especialmente diante do desenvolvimento dos meios de comunicações e de sua sofisticação em, também e ao contrário do que se poderia imaginar, não conduzir necessariamente as sociedades na direção de processos emancipatórios, mas sim de exatamente fortalecer os adversários políticos de qualquer destes processos. A segunda indagação, decorrente da primeira, busca detectar a concreta manifestação da força da alienação em sociedades da chamada periferia do capitalismo. Finalmente, traz a reflexão para o território nacional considerando episódios da política brasileira e, principalmente, a partir da vitória do Partido dos Trabalhadores na eleição de 2002.


Texto completo:

PDF

Referências


ADLER, Max. Kant und der Sozialismus [1904], in: Marxismus undd Ethik – Texte zum neukantianischen Sozialismus, hrsg. von Hans Jörg Sandkühler und Rafael de la Vega, mit einer neuen Einleitung von Hans Jörg Sandkühler, Suhrkamp, Frankfurt/M., 1974, pp. 134-156.

ARON, Raymond. O Marxismo de Marx. trad. Jorge Bastos. São Paulo: Editora Arx, 2004.

BOTTOMORE, Tom. Dicionário do Pensamento Marxista. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1988.

BUCKEL, Sonja. Neo-Materialistische Rechtstheorie. in: Neue Theorien des Rechts, Sonja Buckel/Ralph Christensen/Andreas Fischer-Lescano, Herg. Stuttgart: Lucius & Lucius, 2006.

CERVANTES, Miguel de. D. Quixote de la Mancha. trad. Almir de Andrade e Milton Amado, v. I, São Paulo: Ediouro, 2004.

CHAUÍ, Marilena. Por trás da crise está a luta de classes. Entrevista a Natalia Vianna et alli, Revista Caros Amigos, nº 104, novembro de 2005, São Paulo: Editora Casa Amarela, pp. 30-37.

GUIMARÃES. Juarez. Leituras da Crise – Diálogos sobre o PT, a democracia brasileira e o socialismo. Marilena Chauí, Leonardo Boff, João Pedro Stedile, Wanderley Guilherme dos Santos entrevistados por Juarez Guimarães, 1ª edição, São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2006.

HORKEIMER, Max. Die gesellschaftliche Funktion der Philosophie, pp. 296/ 297, in: Max Horkheimer: Kritische Theorie – Eine Dokumentation, hrg. von Alfred Schmidt, Frankfurt/M.: S. Fischer Verlag, 1968, pp. 292-312.

MAIHOFER, Andrea. Das Recht bei Marx, 1. Auflage, Nomos Verlagsgesellschaft, Baden-Baden, 1992.

MARX, Karl. Ökonomisch-philosophische Manuskripte aus dem Jahre 1844, Marx Engels Werke, Ergänzungsband, Berlin: Dietz Verlag, 1968. ______: Manuscritos Económico-Filosóficos, trad. Artur Morão, Lisboa: Edições 70, 1989.

MÉZÁROS, István. Marx’s Theory of Alienation, New York/ Evanston/San Francisco/London: Harper&Row Publishers, 1972. ______: Marx: A Teoria da Alienação, trad. Waltensir Dutra, Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1981.

MÜLLER, Friedrich. Entfremdung – Folgeprobleme der anthropologischen Bergründung der Staatstheorie bei Rousseau, Hegel, Marx, 2. bearbeitete und stark erweiterte Auflage, Berlin: Duncker & Humblot, 1985.

LOSURDO, Domenico. Democracia e Bonapartismo. RJ/SP: Ed. UFRJ/UNESP, 2004.

SANTOS, Wanderley Guilherme dos: A Universalização da Democracia, in: Reforma Política e Cidadania, Ma. Victoria Benevides, Paulo Vannuchi, Fábio Kerche, org., São Paulo: Instituto Cidadania/Editora Fundação Perseu Abramo, 2003, pp. 33-43.

TEXIER, Jacques: Democracia e revolução em Marx e Engels, trad. Duarte Pacheco Pereira, Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2005.

VIANNA, Luiz Werneck: Esquerda Brasileira e Tradição Republicana – Estudos de conjuntura sobre a era FHC-Lula, Rio de Janeiro: Editora Revan, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.35356/argumenta.v6i6.61

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista Argumenta

 A Revista Argumenta está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem:
DOAJ DRJILivre! Proquest EBSCO  DIADORIM IBICT LAINDEX

 

ARGUMENTA JOURNAL LAW

Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica

E-mail : argumenta@uenp.edu.br
Telefone/fax 4335258953
Horário de atendimento de segunda-feira à sexta-feira 14 às 17h e das 19 às 23h e nos sábados das 08 até 12h
Endereço: Av. Manoel Ribas, 711 - 1º andar
Jacarezinho PR - 86400-000 - Brasil