PENSAMENTO COMPUTACIONAL: PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O ENSINO DE NÚMEROS BINÁRIOS

Fredy Coelho Rodrigues, Guilherme Gonçalves Alves, Wilson Massashiro Yonezawa, Marco Aurélio Alvarenga Monteiro

Resumo


O Pensamento Computacional é uma habilidade que reflete a capacidade de pensar do aluno na resolução de problemas. No intuito de fomentar o uso do Pensamento Computacional em aulas de Matemática, o presente estudo tem por objetivo apresentar uma abordagem metodológica para o ensino de números binários. Pretende-se dessa forma promover o desenvolvimento de conceitos e competências computacionais relativo ao estudo dos números binários por meio de uma abordagem metodológica de cunho investigativo que propicia a transição do pensamento concreto ao pensamento abstrato. Como resultado deste estudo, a atividade apresentada, inova, no sentido de propor uma ilustração geométrica para os conceitos abstratos tratados de maneira puramente algébrica nos livros didáticos de Matemática e Ciência da Computação.


Texto completo:

PDF

Referências


BELL, T.; WITTEN, I.; FELLOWS, M. Computer Science Unplugged: Ensinando

Ciência da Computação sem o uso do Computador. Tradução de Luciano Porto Barreto, 2011.

https://classic.csunplugged.org/wp-content/uploads/2014/12/CSUnpluggedTeachers-portuguese-brazil-feb-2011.pdf. Acesso: 15 de abr. 2021.

BLIKSTEIN, P. O pensamento computacional e a reinvenção do computador na educação. 2008. Disponível em: http://www.blikstein.com/paulo/documents/online/ol_pensamento_computacional.html.

Acesso em 17 de set. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão; Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Base Nacional Comum Curricular. 2017. Disponível em: http://bit.ly/2PFK5qq. Acesso em: 12 de nov. de 2019.

BRENNAN, K. RESNICK, M. New frameworks for studying and assessing the development of computational thinking. In: Proceedings of the 2012 anual meeting of the American Educational Research Association (pp. 1–25). Vancouver, Canada. Disponível em: http://scratched.gse.harvard.edu/ct/files/AERA2012.pdf. Acesso em 23 de set. de 2020.

DUVAL, R. Registres de représentation sémiotique et fonctionnement cognitif de la pensée. Paris, Annales de Didactiques et de Sciences Cognitives, v. 5, p. 37-65, 1993.

DUVAL, R. Sémiosis et penseé humaine. Registres sémiotiques et apprentissages intellectuels. Berne: Peter Lang, 1995.

DUVAL, R. Semiósis e Pensamento Humano: registros semióticos e aprendizagens intelectuais. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2009, ISBN 978-85-7861-035-7.

DUVAL, R. Ver e ensinar a Matemática de outra forma: entrar no modo matemático de pensar: os registros de representações semióticas. São Paulo: Proem, 2011, ISBN 978-85-87564-26-9.

DUVAL, R. A Cognitive analysis of problems of comprehension in a learning of mathematics. Educational Studies in Mathematics, n. 61, p. 103-131, 2006. Disponível em: http://www.edumatec.mat.ufrgs.br/artigos/esm_2008_v68/5semiotic.pdf. Acesso em: 23 de set. 2020.

GLIZT, F. R. de O. O pensamento computacional nos anos iniciais do ensino fundamental. 2017. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciência e Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2017. Disponível em: https://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3023. Acesso em: 23 de set. de 2020.

KAFAI, Y. PEPPLER, K. CHAPMAN, R. The Computer Clubhouse: Constructionism and Creativity in Youth Communities. Nova Iorque: Teachers’ College Press, 2009.

KOSCIANSKI, A. GLIZT, F. R. O. O pensamento computacional nos anos iniciais do ensino fundamental. RENOTE, v. 15, n. 2, 2017.

MENDES, H. L. Números binários em livros didáticos de matemática e de computação: uma comparação. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 11, n.1, p. 302-321, 2018a.

MENDES, H. L. Números binários em uma coleção de livros didáticos de matemática. Encontro Internacional de Formação de Professores e Fórum Permanente de Inovação Educacional, 2018b. v.11, n.1, p.1-11. Disponível em: https://eventos.set.edu.br/enfope/article/view/8638/3990. Acesso em 17 de set de 2020

PEREIRA, F. T. S. S. ARAÚJO, L. G. BITTENCOURT, R. Intervenções de Pensamento Computacional na Educação Básica através de Computação Desplugada. In: Anais do Workshop de Informática na Escola. p. 315-324, 2019.

PONTE, J. P. Investigação sobre investigações Matemáticas em Portugal, 2003. Disponível em: http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/jponte/docs-pt/03-Ponte(Rev-SPCE).pdf. Acesso em 17 de set de 2020.

SCHULZ, J. M. SCHMACHTENBERG, R. F. Construindo o Pensamento Computacional: experiência com o desenvolvimento e aplicação de materiais didáticos desplugados. Seminário Institucional do PIBID UNISC, v. 1, 2017. Disponível em: https://online.unisc.br/acadnet/anais/index.php/pibid_unisc/article/view/17788.Acesso em 17 de set de 2020.

TON, Gabriel Freitas; YOSHIDA, Alexandre Calzavara; VENTURINI, Patricia Cristina. Computação desplugada: atividade lúdica para desenvolver o pensamento computacional. Brazilian Journal of Development, [S. l.], v. 5, n. 6, p. 6146–6150, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-125

WING, J. Computational Thinking. Communications of the ACM, v. 49, n. 3, p.33-36, 2006.

WING, J. Computational Thinking Benefits Society. 40th Anniversary Blog of Social Issues in Computing, 2014. Disponível em: < http://bit.ly/2d9PrKn> Acesso em 14 de dezembro de 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542