THE RESEARCH PROGRAM ON TEACHER ACTION, STUDENT ACTION AND THEIR CONNECTIONS (PROACTION): FUNDAMENTALS AND METHODOLOGICAL APPROACHES

Sergio de Mello Arruda, Marinez Meneghello Passos, Fabiele Cristiane Dias Broietti

Resumo


This article deals with the theoretical foundations and methodological approaches of a Research Program, which has been under development for ten years, that investigates the actions of teachers and students by direct observation in the classroom. The Program received the name: The Research Program on Teacher Action, Student Action and their Connections (PROACTION) and has two general research questions: a) Which teacher and student actions are observed in science and mathematics classes in basic and higher education, how can they be interpreted and in what ways do they connect with each other? b) What implications for teaching, learning and teacher education can be drawn from the results found? In the article we present three possibilities of theoretical foundations for the Program, based on the articulation with teacher education, with the social theories of action and with the Actor-Network Theory. We also explain three different investigative approaches to address these questions: the first focuses on the description of the actions, the second on the explanation, and the third on the connections between the actions. At the end, we comment on the Program’s developments and some points to be explored in the future research.


Texto completo:

PDF

Referências


ALTET, M. Professores (práticas profissionais dos). In: ZANTEN, A. van. (coord.). Dicionário de Educação. Petrópolis: Vozes, 2011. p. 650-655.

ANDRADE, E. C. Um estudo das ações de professores de matemática em sala de aula. 2016. Thesis (Doctorate in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2016. Available at: http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000206236. Accessed on: feb. 17 2021.

ANDRADE, E. C.; ARRUDA, S. M. Categorias das ações didáticas do professor de Matemática em sala de aula. Acta Scienciae, Canoas, v. 19, n. 2, p. 254-276, 2017. Available at: http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/acta/article/view/2819/2302. Accessed on: feb. 17 2021.

ANDRADE, E. C.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. Descrição da ação docente de professores de Matemática por meio da observação direta da sala de aula. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 20, n. 2, p. 349-368, 2018. Available at: https://www.periodicos.unifra.br/index.php/VIDYA/article/view/2158/2194. Accessed on: feb. 17 2021.

AQUINO, J. A. As teorias da ação social de Coleman e de Bourdieu. Humanidades e Ciências Sociais, Fortaleza, v. 2, n. 2, p. 17-29, 2000.

ARRUDA, S. M. Entre a inércia e a busca: reflexões sobre a formação em serviço de professores de Física do ensino médio. 2001. (Doctoral thesis). São Paulo: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2001.

ARRUDA, S. M.; BACCON, A. L. P. O professor como um lugar: uma metáfora para a compreensão da atividade docente. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 9, n. 1, p. 1-20, 2007.

ARRUDA, S. M.; LIMA, J. P. C.; PASSOS, M. M. Um novo instrumento para a análise da ação do professor em sala de aula. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [s. l.], v. 11, n. 2, p. 139-160, 2011.

ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. A relação com o saber na sala de aula. In: IX Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade, 2015, Aracaju. Anais, 2015. v. 1. p. 1-14.

ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. Instrumentos para a análise da relação com o saber em sala de aula. Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino, Cornélio Procópio, v. 1, n. 2, p. 95-115, 2017.

ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M.; BROIETTI, F. C. D. A ação docente: caracterização e resultados de um programa de pesquisa em andamento. In: XII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências - XII ENPEC, 2019, Natal. Anais, 2019. v. 1. p. 1-8.

ARRUDA, S. M.; SILVA, M. R.; LABURÚ, C. E. Laboratório didático de Física a partir de uma perspectiva kuhniana. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 6, n.1, p. 1-12, 2001.

ARRUDA, S. M.; ZAPPAROLI, F. V. D.; PASSOS, M. M. Aprendizagem de Astronomia em grupos do Facebook. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 36, n. 2, p. 383-413, 2019. Available at: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/2175-7941.2019v36n2p383. Accessed on: feb. 17 2021.

ASSAI, N. D. S. Um estudo das ações pretendidas e executadas por licenciandos em Química no estágio supervisionado. 2019. Thesis (Doctorate in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2019.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BENICIO, M. A. Um olhar sobre as ações discentes em sala de aula em um IFPR. 2018. Thesis (Doctorate in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2018. Available at: http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000219866. Accessed on: feb. 17 2021.

BENICIO, M. A.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. A Study of Student Actions in the Classroom of a Campus of a Federal Institute of Paraná. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [s. l.], v. 19, p. 623-647, 2019. Available at: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/13577. Accessed on: feb. 17 2021.

BENICIO, M. A.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. Um estudo quantitativo das conexões entre a ação docente e a ação discente em aulas de Matemática, Física e Química em um instituto federal do Paraná. Contexto & Educação, Ijuí, v. 35, n. 112, p. 456-477, 2020a. Available at: https://doi.org/10.21527/2179-1309.2020.112.456-477. Accessed on: feb. 17 2021.

BENICIO, M. A.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. Ações discentes e a relação com o saber em aulas de Matemática, Física e Química. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 25, n. 3, p. 86-107, 2020b. Available at: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2020v25n3p86. Accessed on: feb. 17 2021.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação Qualitativa em Educação. Lisboa, Portugal: Porto Editora, 1994.

BORGES, L. C. S. Um estudo das ações docentes em aulas de Química no Ensino Médio. 2020. Dissertation (Masters in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2020.

BOURDIEU, P. Practical Reason: On the Theory of Action. Stanford, California: Stanford University Pres, 1998.

CARVALHO, D. F.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. Um estudo da mudança das ações docentes de um supervisor do PIBID-Matemática. Zetetiké, Campinas, v. 26, n. 2, p. 318-336, 2018. Available at: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/download/8649577/18155. Accessed on: feb. 17 2021.

CARVALHO, W.; STANZANI, E. L.; PASSOS, M. M.; LORENCINI JÚNIOR, A. Ações de um licenciando em química em situação de microensino seguida de autoscopia. Prática Docente, Confresa, v. 5, n. 3, p. 1841-1864, 2020. Available at: https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n3.p1841-1864.id831. Accessed on: feb. 17 2021.

CHARLOT, B. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed, 2000.

CHARLOT, B. Formação de professores: a pesquisa e a política educacional. In: PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. (org.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez Editora, 2005. p. 89-108.

COHEN, L.; MANION, L.; MORRISON, K. Research Methods in Education. London and New York: Routledge, 2007.

COLEMAN, J. S. Foundations of social theory. Cambridge: Harvard University Press, 1994.

CORRÊA, H. E. R. Controvérsias, actantes e atuações: um estudo do processo de transição para a flexibilização curricular. 2021. Thesis (Doctorate in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2021.

CORRÊA, H. E. R.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M.; FIORUCCI, R. Reagregando a aprendizagem: uma perspectiva a partir da Teoria Ator-Rede. In: CORRÊA, H. E. R.; FIORUCCI,R.; PAIXÃO, S. V.. (Org.). Educação (integral) para o século XXI: cognição, aprendizagens e diversidades. 1ed.Bauru, SP.:Gradus Editora, 2021, v. 1, p. 99-118.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (ed.). Handbook of Qualitative Research. [S. l.]: Sage Publications Inc, 2005.

DIAS, M. P. As ações de professores e alunos em salas de aula de matemática: categorizações e possíveis conexões. 2018. Dissertation (Masters in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2018. Available at: http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000217592. Accessed on: feb. 17 2021.

DIAS, M. P.; ARRUDA, S. M.; OLIVEIRA, A. C.; PASSOS, M. M. Relações com o ensinar e as categorias de ação do professor de Matemática. Caminhos da Educação Matemática em Revista, São Cristóvão, v. 7, n. 2, p. 66-75, 2017. Available at: https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/index.php/caminhos_da_educacao_matematica/article/view/144/133. Accessed on: feb. 17 2021.

DIAS, M. P.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. Teacher Action, Student Action and its Connections in Mathematics Classes Planned with Manipulative Materials. Acta Scientiae, Canoas, v. 22, n. 2, p. 86-104, 2020. Available at: http://dx.doi.org/10.17648/acta.scientiae.4994. Accessed on: feb. 17 2021.

FENWICK, T; EDWARDS, R. Actor-network theory in Education. New York: Routledge. 2010.

FILGUEIRA, S. S. Diálogos de ensino e aprendizagem e Ação Docente: Inter-

-relações em aulas de Ciências com atividades experimentais. 2019. Thesis. (Doctorate in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2019.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FRANCO, I. C. M. Cartografia das Controvérsias: o uso da metodologia para o estudo de conflitos na EAD. CONGRESSO INTERNACIONAL ABED DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, XX., Curitiba, 2014. Anais [...]. Curitiba, 2014.

FRANCO, M. A. R. S. Prática pedagógica e docência: um olhar a partir da epistemologia do conceito. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 97, n. 247, p. 534-551, sept./dec. 2016.

GAUTHIER, C.; MARTINEAU, S.; DESBIENS, J. F.; MALO, A.; SIMARD, D. Por uma Teoria da Pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Unijuí, 2006.

HOUAISS, A.; VILLAR, M. S.; FRANCO, F. M. M. Dicionário eletrônico Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.

JACOB, P. Intentionality. In: Zalta, E. N. (ed.). The Stanford Encyclopedia of Philosophy. 2019. Available at: https://plato.stanford.edu/archives/win2019/entries/intentionality/. Accessed on: feb. 17 2021.

JOAS, H.; BECKERT, J. Action Theory. In: TURNER, J. H. (ed.). Handbook of Sociological Theory. New York: Springer, 2001.

LAHIRE, B. Homem plural: os determinantes da ação. Petrópolis: Vozes, 2002.

LATOUR, B. Reassembling the Social: An Introduction to Actor-Network-Theory. Oxford, New York: Oxford University Press, 2005.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Ed. Pedagógica e Universitária, 1986.

MAULANA, G.; ARRUDA, S. Teacher assessment action in mathematics classes: a study with teachers from the 2nd cycle of Mozambican general high school education. Acta Scientiae, Canoas, v. 22, n. 5, p. 102-121, 2020. Available at: http://dx.doi.org/10.17648/acta.scientiae.5976. Accessed on: feb. 17 2021.

MARRONE Jr, J.; ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. A dinâmica das controvérsias na transformação de um Projeto Pedagógico de Curso: Um estudo à luz da Teoria Ator-Rede. Research, Society And Development, v. 10, p. e38610515020, 2021.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. do C. Análise textual discursiva. Ijuí: Ed. Unijuí, 2011.

NATIONAL RESEARCH COUNCIL (NRC). Taking science to school: learning and teaching science in grades K-8. Washington: National Academies Press, 2007.

PASSOS, M. M. O professor de matemática e sua formação: análise de três décadas da produção bibliográfica em periódicos na área de Educação Matemática no Brasil. 2009. Thesis (Doctorate in Education for Science) – Unesp – São Paulo State University, Bauru, 2009.

PASSOS, A. M.; PASSOS, M. M.; ARRUDA, S. M. Uma análise das ações do professor em uma sala de aula em que estão presentes estudantes com deficiência visual. Ciência & Educação, Bauru, v. 23, n. 2, p. 541-556, 2017. Available at: http://www.redalyc.org/html/2510/251051215016/. Accessed on: feb. 17 2021.

PERRENOUD, P. O trabalho sobre o habitus na formação de professores: análise das práticas e tomada de consciência. In: PAQUAY, L.; PERRENOUD, P.; ALTET, M.; CHARLIER, E. Formando professores profissionais: quais estratégias? Quais competências? Porto Alegre: Artmed, 2001. p. 161-184.

PIMENTA, S. G.; LIMA M. S. L. Estágio e Docência. São Paulo: Cortez, 2004.

PIRATELO, M. V. M. Um estudo sobre as ações docentes de professores e monitores em um ambiente integrado de 1° ciclo em Portugal. 2018. Thesis (Doctorate in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2018.

PIRATELO, M.; ARRUDA, S. M.; COSTA, N. M. V. N.; PASSOS, M. M. Um estudo sobre as ações docentes em uma escola de 1º ciclo em Portugal. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 36, p. 1-21, 2020. Available at: http://dx.doi.org/10.1590/0102-4698222681. Accessed on: feb. 17 2021.

RITZER, G. Encyclopedia of Social Theory. Thousand Oaks: Sage Publications, 2005. Available at: http://sk.sagepub.com/reference/socialtheory. 2005. Accessed on: feb. 17 2021.

SANTOS, R. S. Um estudo sobre as ações docentes em sala de aula em um curso de Licenciatura em Química. 2019. Thesis (Doctorate in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2019.

SCHÖN, D. Formar Professores como Profissionais Reflexivos. In: NÓVOA, A. (org.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1997. p. 77-91.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

TARDIF, M.; LESSARD, C. O trabalho docente. Petrópolis: Vozes, 2008.

TOMASELLO, M. A natural history of human thinking. Cambridge: Harvard University Press, 2014.

TOMASELLO, M.; CARPENTER, M.; CALL, J.; BEHNE, T.; MOLL, H. Understanding and sharing intentions: The origins of cultural cognition. Behavioral and brain sciences, Cambridge, v. 28, n. 5, p. 675-735, 2005.

TURKE, N. H. Um estudo das ações docentes em aulas de Ciências nos anos finais do Ensino Fundamental. 2020. Dissertation (Masters in Science Teaching and Mathematics Education) – State University of Londrina (UEL), Londrina, 2020.

VICENTIN, F. R.; PASSOS, M. M.; ARRUDA, S. M. Ações de estudantes em aulas de Matemática diante da Lousa Digital e de objetos de aprendizagem. Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v. 7, n. 14, p. 154-178, 2018. Available at: http://www.fecilcam.br/revista/index.php/rpem/article/view/1708. Accessed on: feb. 17 2021.

VICENTIN, F. R.; PASSOS, M. M.; ARRUDA, S. M. Caracterização das ações de alunos e professor em aulas de matemática fundamentadas no uso de tecnologias. Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v. 9, n. 20, p. 62-88, 2020a. Available at: http://rpem.unespar.edu.br/index.php/rpem/article/viewArticle/2311. Accessed on: feb. 17 2021.

VICENTIN, F. R.; PASSOS, M. M.; ARRUDA, S. M. Objeto de aprendizagem e ações discentes. Revista de Educação, Ciências e Matemática, Caxias, v. 10, n. 1, p. 150-170, 2020b. Available at: http://publicacoes.unigranrio.edu.br/index.php/recm/article/view/5541. Accessed on: feb. 17 2021.

VILLANI, A. O professor é como um analista? Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 5-28, 1999.

WEBER, M. Economy and society: an outline of interpretive sociology. Berkeley: University of California Press, 1978.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista REPPE está cadastrada nos diretórios e indexada nas bases que seguem: 
DOAJ DIADORIM  Google Acadêmico    Latindex Sumarios

Licença Creative Commons
Revista Reppe está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://uenp.edu.br/reppe

 

Revista de Produtos Educacionais e Pesquisas em Ensino - REPPE - ISSN: 2526-9542